18 de abril de 2017 às 07h08min - Por Mário Flávio

FBC

O presidente Michel Temer (PMDB) já está admitindo que daqui a 10 ou 15 anos será necessário realizar outra reforma na Previdência porque o projeto que ele enviou ao Congresso deverá passar por uma série de alterações.

Se o projeto fosse aprovado tal qual remetido ao Congresso, a Previdência sobreviveria sem uma nova reforma por mais 30 ou 40 anos, disse o presidente à Rádio Jovem Pan (SP) na manhã desta segunda-feira (17).

Por pensar parecido com o presidente da República, é que o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB) também está propondo que a Previdência passe para uma reforma a cada cinco anos.

Isso, segundo ele, permitirá que o Congresso faça as mudanças que entender necessárias para garantir o equilíbrio atuarial do nosso sistema previdenciário, que deve fechar suas contas este ano com um déficit superior a R$ 180 bilhões.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro