21 de maio de 2012 às 09h33min - Por Mário Flávio

Com informações do TCE 

Uma auditoria especial realizada na Prefeitura de São Joaquim do Monte para verificação de irregularidades ou indícios na folha de pagamento do município nos exercícios de 2009 e 2010 detectou falhas na gestão.

O relator do processo, conselheiro Romário Dias, determinou ao prefeito, José Lino da Silva Irmão, a imediata suspensão dos pagamentos a pessoas falecidas, além fazer diversas determinações visando à melhoria do gerenciamento da folha de pagamento da Prefeitura.

Em seu voto, o relator determinou a instauração de um processo de Tomada de Contas Especial, visando a apurar as transgressões cometidas como pagamento a pessoas falecidas, pagamento a servidores residentes fora do Estado, além de outros fatos relativos à despesa com pessoal.

Também foram determinadas correções no controle interno do Município, com vistas a se corrigir as falhas acima elencadas.

Ficou também determinado que a coordenadoria de Controle Externo do TCE verificasse nas prestações de contas dos próximos exercícios o cumprimentos das determinações realizadas pelo Tribunal.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro