27 de janeiro de 2014 às 11h53min - Por Mário Flávio

Augusto Coutinho

Por Carol Moura
Especial para a Folha de Pernambuco

Apesar de o Presidente Nacional do partido Solidariedade (SDD), deputado Paulinho da Força (SP), ter dito no último sábado (25), em sua festa de aniversário, que o partido apoiará o senador e presidenciável Aécio Neves(PSDBMG) nas eleições, em Pernambuco, o martelo ainda não foi batido. O presidente da legenda no Estado, deputado federal Augusto Coutinho, garantiu que os estados possuem independência quanto a essa questão.

“O Solidariedade é muito grato ao senador Aécio, por sua ajuda no momento da fundação da sigla. Porém, essa definição é nacional, os estados têm liberdade para seguir e fazer suas composições estaduais”, explicou. Segundo ele, a nacional não irá interferir nas escolhas estaduais. Augusto afirmou ainda que em Pernambuco não tem situação definida, já que ainda faltam definições das candidaturas para a majoritária.

“Não temos pressa, ainda não foram definidas, de fato, as candidaturas. Estamos aguardando o desdobramento para termos consciência da decisão”, ponderou. No dia 21 de fevereiro, o líder do Solidariedade fará um encontro com vereadores, deputados e militantes para discutir as conjunturas no Estado. O pernambucano assinalou que o SDD dará apoio, no Estado, à sigla que tiver comprometimento com o partido.

“Quem for o escolhido precisa, se ganhar o governo, garantir que o Solidariedade possa participar efetivamente”, pondera. O deputado, no entanto, reforçou sua posição, de que o Solidariedade se coloque como oposição ao PT.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro