17 de julho de 2012 às 20h51min - Por Mário Flávio

Muita gente se questiona os motivos da campanha eleitoral ainda não ter ganhado as ruas e avenidas de Caruaru. A indefinição sobre o PMDB é talvez a principal causa da campanha fria na Capital do Agreste.

Sem saber para onde vai o partido, as coligações não mandam para a impressão o material gráficos, já que a Lei exige todos os partidos nas peças publicitarias, além do nome da coligação e os partidos formados pela mesma.

A situação complica ainda a vida dos marqueteiros e produtoras, principalmente no que diz respeito ao tempo de cada coligação no guia eleitoral. A justiça decidiu que o partido segue presidido por Bibiu, com isso, a legenda tem coligação para vereador.

No entanto, a situação afirma que realizou uma convenção, ainda sob a presidência de Reginaldo França. Neste caso, o PMDB iria apoiar o nome de Zé Queiroz e a coligação só valeria para prefeito.

Os dois lados afirmam que realizaram a convenção e a decisão sobre esse pepino será do Juiz de Registro de Candidatura, Jefferson Félix. Ele tem até o dia 5 de agosto, mas deve se posicionar antes e terminar com essa celeuma, que já dura vários meses.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro