1 de maio de 2015 às 15h58min - Por Mário Flávio

NOTA

O Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado de Pernambuco – SINDJUD-PE, a Associação dos Servidores do Poder Judiciário de Pernambuco – ASPJ-PE e o Sindicato dos Oficiais de Justiça de Pernambuco – SINDOJUS-PE, diante do comunicado da Corregedoria Geral de Justiça do TJPE referente à imposição de faltas e adoção de providências contra os servidores que participam da mobilização pela valorização da carreira e fortalecimento da Justiça, veem a público, manifestar a ampla insatisfação existente no seio da categoria, especialmente em face da amplitude do ato que pretende aferir também a atuação dos colegas que se fazem presentes nas unidades durante os dias de paralisações. 

Estamos atentos à repercussão da recomendação no cotidiano das unidades de trabalho, tendo em vista a fragilidade da fronteira entre o controle efetivo e as práticas abusivas. Os colegas que no ambiente de trabalho se depararem com excessos praticados por maus gestores têm à disposição a Assessoria Jurídica das Entidades, que de pronto adotarão as ações cabíveis. Reiteramos que as paralisações observam todos os requisitos legais e a adesão no plano prático representa a disposição dos servidores para o exercício dos seus direitos, atitude digna de todo trabalhador e cidadão que habita em um Estado Democrático de Direito. 

Às vésperas do dia 1º de maio (data-base da categoria) rememoramos a luta de todos os trabalhadores e trabalhadoras ao longo da história e ressaltamos que os direitos consagrados na atualidade foram conquistados em razão de muitos sacrifícios. Nos inspiramos na organização e na luta de homens e mulheres que pagaram com a própria vida, o preço da nossa liberdade. Diante dos desafios, fortalecemos o trabalho de conscientização e mobilização dos companheiros em defesa da efetividade dos nossos direitos. Por isso, seguimos adiante com a certeza de que alcançaremos juntos o nosso objetivo. 

As adversidades do presente, não se comparam à magnitude da conquista futura. Servidores Firmes na Luta, Sempre! 


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro