20 de fevereiro de 2014 às 17h48min - Por Mário Flávio

Agentes de Trânsito e Guardas Municipais da Destra voltaram a se reunir na manhã desta quinta-feira, 20, na sede do Sismuc, em nova Assembleia Geral Extraordinária, no intuito de buscar respostas do Executivo Municipal, quanto à pauta de reivindicações aprovada no último encontro do dia 09 de janeiro do corrente ano. Segundo o presidente do Sismuc, Eduardo Mendonça, a categoria ficou frustrada ao tomar conhecimento de que o silêncio foi dado como resposta por parte da prefeitura e sendo assim, por não haver avanço nas negociações e continuar na estaca zero, a categoria decidiu por unanimidade em decretar estado de Greve.

Pauta de Reivindicações
1-Correção da gratificação dos inspetores e subinspetores, utilizando como índice, o correspondente a inflação acumulada desde a criação dos respectivos cargos;

2-Convocação imediata dos concursados e aprovados no último concurso promovido pelo executivo municipal, visando o preenchimento dos cargos vagos existentes na estrutura da DESTRA.

3-Elaboração de PCCR- Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração, com a real e efetiva participação das categorias envolvidas, que após sua conclusão, deverá percorrer os trâmites legais, ou seja, ser encaminhado para aprovação do Poder Legislativo, com sanção imediatamente por parte do executivo;

4-Que a administração e monitoramento da CISP-Central de inteligência e Segurança Preventiva, seja constituída unicamente por servidores da Guarda Municipal, como reza a Lei Municipal de criação da mesma;

5-Reposição das perdas salariais contemplando todas as categorias envolvidas, e que para tal, seja utilizado o índice inflacionário para o ano de 2013 divulgado pelo DIEESE-Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos.

6-Reajuste no valor da Gratificação de Risco na ordem de 20%, ou seja, passando dos 30% para 50%.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro