9 de fevereiro de 2012 às 14h54min - Por Mário Flávio

O presidente da Câmara, Lícius Cavalcanti (PCdoB), deve enviar em breve a Comissão de Leis da Casa Projeto para conceder um reajuste de 25% aos servidores efetivos da Câmara. Caso seja aprovado, será o maior reajuste dado por um presidente na história da Casa Jornalista José Carlos Florêncio. O aumento é uma antiga reivindicação dos funcionários. Desde que assumiu a presidência que o comunista se comprometeu a conceder o rajuste.

VEREADORES – O presidente da Câmara confirmou ao blog que um reajuste também deve ser concedido aos vereadores. De acordo com a Constituição, os salários dos vereadores correspondem a metade do que ganha um deputado estadual, o que daria cerca de 12 mil reais. No entanto, a Lei Orgânica do Município não permite que o subsídio de um vereador seja superior a de um secretário municipal, ou seja, mensais de 9 mil. No entanto, para evitar o estouro da folha e problemas com o que determina a Lei de Responsabilidade Fiscal, desde que assumiu, Lícius segura o salário dos vereadores em 6 mil reais.

O novo salário dos 15 vereadores vai passar por intenso debate entre os próprio edis e o setor jurídico da Câmara. Todos vão levar em questão a próxima Legislatura, que terá 23 vereadores, com isso, o corte nas assessorias será inevitável. Cada vereador conta hoje com 15 assessores, que recebem salários variando entre 700 e 1500 reais.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro