26 de junho de 2013 às 06h55min - Por Mário Flávio

Na votação desta terça (25), que derrubou a PEC 37, a qual atribuía exclusivamente às polícias Federal e Civil a competência para a investigação criminal, o deputado federal Sérgio Guerra (PSDB) acabou se enrolando, tanto na hora de votar, quando na hora de usar as redes sociais. O voto dele foi favorável à PEC, somando-se a outros 8 votos a favor. O contraditório é que, depois do projeto ser reprovado na Câmara Federa, ele divulgou em seu twitter oficial que se confundiu na hora de votar.

 

Sérgio disse ainda no twitter que já havia antecipado 5 dias antes que era contrário ao projeto. Além dele, deram sim à PEC o autor da propost, Lourival Mendes (PTdoB – MA), João Lyra (PSD-AL), Mendonça Prado (DEM-SE), Bernardo Santana (PR-MG), Valdemar Costa Neto (PR-SP), Eliene Lima (PSD-MT), João Campos (PSDB-GO) e Abelardo Lupion (DEM-PR).


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro