14 de abril de 2015 às 09h19min - Por Mário Flávio

 

Adversários históricos em Caruaru os grupos Lyra e Gel atualmente têm uma relação amistosa e de trocas recíprocas de gestos que podem culminar com uma possível parceria na eleição de 2016. As hipóteses seriam as mais variáveis, entre elas: um primeiro turno com uma chapa com duas mulheres. Raquel Lyra (PSB) viria na cabeça de chapa e Miriam Lacerda (PMDB) na vice. Numa segunda e mais difícil, Tony Gel (PMDB) seria o candidato e Raquel a vice. Na terceira, ambos seriam candidatos e os dois teriam um acordo de apoio num eventual segundo turno contra o candidato do prefeito José Queiroz (PDT), que vai indicar um nome para a reeleição. 

A ida de Tony e Miriam para o jantar na Fazenda Macambira no fim de semana passado reforçou a tese que um acordo está próximo. Assessores próximos de ambos já trabalham nos bastidores para que a junção ocorra e os eleitores mais radicais já esperam pelo anúncio. Ainda é cedo, mas como na política tudo pode acontecer, inclusive nada, vamos aguardar. 


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro