18 de abril de 2014 às 06h19min - Por Mário Flávio

A expectativa para o final de semana em que será comemorada a Páscoa é muito positiva. Alavancado pelas apresentações de ícones da música como Lula Queiroga e Marcelo Jeneci, estima-se que na sexta, sábado e domingo Caruaru receba mais de 100 mil visitantes nos polos de animação do Parada Obrigatória, de acordo com dados da Empetur, durante toda a semana estão sendo esperados de 300 a 500 mil visitantes. Toda esta movimentação deve-se ao espetáculo da Paixão de Cristo, que é realizado no distrito de Fazenda Nova, município de Brejo da Madre de Deus. O Teatro da Paixão fica há aproximadamente 50 km de Caruaru (cerca de 40 minutos).

Os setores mais movimentados no período são os hotéis, restaurantes, centros de compras, Feria de Artesanato e Alto do Moura. Nos hotéis, a ocupação costuma chegar há 98% do total de 969 leitos disponíveis. Segundo o levantamento da Empetur, é injetado na econômica em torno de R$ 30 milhões.

A Feira de Artesanato é um dos pontos mais procurados pelos visitantes. Ao todo, são 300 bancos com variados produtos do artesanato nordestino, com destaque para as peças artesanais em barro, madeira, renda e vestuário em algodão ecológico. Baseada nas movimentações de anos anteriores, a expectativa é que este ano circulem 40 mil pessoas, que devem movimentar cerca de 1,2 milhão. O valor de venda por pessoa supera a média geral, o gasto costuma variar entre R$ 50 e R$ 500.

No Alto do Moura, atrativo são os ateliês de artistas que fazem peças de barro. Atualmente, são 100 espaços com a mais original expressão de nossa cultura. Os restaurantes, bares e lanchonetes também costumam ter boa movimentação. Os 20 pontos devem funcionar nos dias da Semana Santa com comidas típicas vaiadas, como: carne de bode, feijão verde, carne de sol com queijo coalho, macaxeira e tapioca. O número de visitantes chega a 15 mil pessoas, que devem movimentar aproximadamente R$ 200 mil.

De acordo com a presidente da Fundação de Cultura e Turismo, Lúcia Félix, “os dados positivos reforçam o quão importante se tornou esse evento. Caruaru tem atrativo o ano inteiro, exemplo disso é o Parada Obrigatória e os festejos natalinos”.

E, completou: “quando conseguimos promover cultura e turismo atrelados à movimentação financeira, é extremamente interessante. Conseguimos gerar empregos e renda para muitas famílias, o comércio fica fortalecido e os demais setores lucram”.

O diretor de Ações Culturais, Djair Vasconcelos, justifica a realização do “Parada Obrigatória” como “extremamente importante, pois além de divulgarmos o nome de Caruaru para as outras cidades e fortalecer a cultura local, conseguimos movimentar a economia. Hotéis, restaurantes, bares, postos de combustível, todos ganham, e a cultura agradece”.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro