19 de janeiro de 2012 às 08h30min - Por Mário Flávio
O secretário de Saúde de Arcoverde, Adilson Valgueiro, está comemorando os baixos índices de dengue divulgados na segunda-feira (16). De acordo com o Centro de Vigilância de Endemias do município, houve  uma redução de 44,9% no índice de infestação do Mosquito Aedes Aegypti em janeiro de 2012.
De acordo com Isac Alysson, chefe da epidemiologia da Secretaria municipal de saúde, a redução foi considerável. “Saímos de um índice de 6,9% para 3,8%, comprovando que estamos no caminhos certo, mas é preciso que a população colabore, principalmente agora com a chegada das chuvas”, alertou Isac.
Os bairros que apresentam o maior número de focos do mosquito da dengue continuam sendo o São Geraldo, Boa Vista e o São Cristóvão, na área descendo a conhecida Praça Redonda. “A colaboração da população é essencial para que possamos reduzir ainda mais esses índices e livrar Arcoverde de vez da ameaça de um surto de dengue”, disse o Secretário Dr. Adilson Valgueiro.
Os meses de janeiro e fevereiro são considerados perigosos devido a combinação de calor e chuvas que ajuda na proliferação das larvas do mosquito. Para evitar isso, a Secretaria de Saúde colocou seus agentes de endemia trabalhando em 2 turnos. A secretaria projeta continuar as ações de combate a endemias até abril.

Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro