10 de agosto de 2012 às 12h22min - Por Mário Flávio

A Secretaria Especial da Mulher de Caruaru deu início as atividades do projeto Lei Maria da Penha nas Escolas na noite dessa quinta-feira (9). O Colégio Municipal Álvaro Lins foi a primeira instituição da comunidade escolar a conhecer a iniciativa que tem por objetivo incentivar o debate sobre a violência doméstica e familiar na rede municipal de ensino. Estiveram presentes alunos/as do EJA (Educação de Jovens e Adultos) das fases II e IV, professores/as, e integrantes do Centro de Referência da Mulher Maria Bonita (CRMMB) que está à frente da ação.

Durante duas horas, entre palestras e debates foram discutidos os mecanismos da Lei Maria da Penha que está em vigor há seis anos. Os estudantes e os educadores puderam expor suas opiniões sobre a temática e ampliar seus conhecimentos sobre os tipos de violência- doméstica e sexista, familiar, psicológica, patrimonial e moral- suas raízes e suas conseqüências sociais.

Ao todo, já são vinte escolas inscritas no projeto pela participação no Concurso Municipal de Redação “Lei Maria da Penha: Uma Conquista de Todas as Mulheres”. Uma vez por semana, uma instituição de ensino receberá a equipe do Centro de Referência da Mulher para participarem de uma oficina, palestra ou debate sobre a Lei Maria da Penha. Mediante solicitação e compatibilidade com a agenda da equipe, as escolas que não participaram do concurso também poderão ser atendidas.

O início das ações do projeto se deu no Colégio Municipal Álvaro Lins‏- Crédito: Allison Lima/ SECOM PMC


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro