3 de fevereiro de 2018 às 07h44min - Por Mário Flávio

Por Inaldo Sampaio

O presidente Michel Temer voltou a sinalizar ontem, durante entrevista à Rádio Jornal, que não pretende se intrometer na briga do senador Fernando Bezerra Coelho com o deputado Jarbas Vasconcelos pelo controle do MDB pernambucano. Temer declarou ao radialista Geraldo Freire que foi presidente nacional do partido durante muitos anos e que encara com naturalidade esse tipo de divergência. Torce, no entanto, que ambos cheguem a um entendimento, o que é difícil de ocorrer porque ambos os lados estão irredutíveis. Jarbas quer continuar com o controle do partido para mantê-lo na Frente Popular e viabilizar sua candidatura ao Senado na chapa encabeçada por Paulo Câmara. E o senador deseja assumir-lhe as rédeas para poder colocar-se no conjunto das oposições como candidato do partido ao Palácio do Campo das Princesas. Enquanto essa disputa não for resolvida, o partido tende a perder quadros nos próximos dois meses. É o caso, por exemplo, da vereadora Aline Mariano, líder do prefeito Geraldo Júlio na Câmara Municipal do Recife. Ela está de malas prontas para deixar o partido porque não pode esperar, indefinidamente, pelo desfecho da briga entre os dois caciques.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro