23 de novembro de 2016 às 10h43min - Por Mário Flávio

A Secretaria de Defesa Social iniciou, desde a 0h desta quarta-feira (23/11), a operação “Polícia nas Ruas”. Em 24 horas, são empregados, nas cidades da Região Metropolitana do Recife e Interior, o máximo de efetivo das polícias Militar, Civil, Científica e Corpo de Bombeiros. Para coibir todo o tipo de crime, elevando a sensação de segurança, estarão a serviço da sociedade pernambucana um reforço total de 2.457 policiais e bombeiros que atualmente realizam atividades administrativas.

“O policial tem uma missão, que é proteger a sociedade, zelando pela ordem, tranquilidade e legalidade. A população precisa e clama pela presença do policial, que, por sua vez, é movido pelo senso do dever. Fizemos essa convocação e todos se apresentaram para este dia, em que ampliaremos a ostensividade, com pontos e bloqueio e abordagens em pontos quentes, o cumprimento de mandados de prisão e busca e apreensão, prisões em flagrante, ações de salvamento, combate a incêndios e a realizações de perícias criminais”, resume o secretário Angelo Gioia.

Da Polícia Militar, há o reforço de 1.464 profissionais. A Diretoria Integrada Metropolitana da PM (DIM), responsável pelo policiamento na Capital e RMR (10 Áreas Integradas de Segurança), recebeu um aporte de 928 policiais oriundos de atividade meio em unidades Especializadas, do Quartel do Comando Geral, como também da Secretaria de Defesa Social. Já a Diretoria Integrada do Interior I (DInter I), que abrange as unidades operacionais do Agreste e Zona da Mata (08 Áreas Integradas), conta com o reforço de 331 policiais militares. Outros 205 militares vão reforçar o efetivo da Diretoria Integrada do Interior II (DInter II), responsável pela segurança pública de 8 Áreas Integradas no Sertão Pernambucano.

Já a Polícia Civil está empregando um reforço de 939 profissionais (168 delegados e 771 agentes e escrivães). Em sua atuação, a operativa vai ampliar a capacidade de investigar, prender em flagrante, agilizar atendimento nas delegacias e coibir crimes como homicídios, tráfico de drogas e roubos. No período de 24 hora, serão recolhidas, por meio de mandados de prisão preventiva e temporária, pessoas procuradas pela Justiça.

O Corpo de Bombeiros está colaborando, na operação, com o incremento de 49 profissionais, que atuarão na Capital e RMR. O efetivo apoiará ações da PM nas vistorias a bares, no salvamento e resgate de vítimas e na prevenção de acidentes nas praias do Recife e Olinda. A atuação também objetiva o combate às queimadas em áreas de vegetação, que representam 70% das ocorrências de incêndio nesta época do ano. Outra importante operativa da SDS, a Polícia Científica colocará mais peritos criminais a serviço do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro