14 de agosto de 2012 às 11h19min - Por Mário Flávio

Com informações do blog do Magno

Se as eleições para prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, a 192 km do Recife, fossem hoje, os candidatos Edson Vieira (PSDB) e José Augusto Maia (PTB) estariam empatados tecnicamente, segundo revela a primeira pesquisa de intenção de voto para prefeito daquele município feita pelo Instituto Opinião.

Vieira aparece com 43% e Augusto com 42%, enquanto Cleiton Barboza, do PV, desponta com apenas 1%. O percentual dos votos em brancos e nulos é de 4,8% e 9,5% disseram que estavam indecisos. Na espontânea, modelo pelo qual o entrevistado é obrigado a lembrar do nome do candidato da sua preferência sem o auxílio da cartela, o tucano tem 37,5% e o trabalhista 37%.

A pesquisa foi a campo nos dias 10 e 11 deste mês, com 400 entrevistados, com base da metodologia Survey, que consiste da aplicação de questionários estruturados e padronizados a uma amostra representativa do universo investigado. A margem de erro é de 4,9 pontos percentuais para mais ou para menos.

As entrevistas foram realizadas nas seguintes localidades: Bela Vista, Centro, Cruz Alta, Dona Dom, Loteamento São Miguel, Malaquias Cardoso, Nova Santa Cruz, Oscarzão, Palestina I e II, Santa Tereza, Santo Agostinho, São Cristóvão, São Jorge e São José. O registro junto ao Tribunal Regional Eleitoral é o de número 00064/2012.

Edson Vieira tem seus maiores percentuais de indicação de voto entre os eleitores com nível superior (70%), entre os que ganham acima de 10 salários (61%) e entre os eleitores na faixa etária acima de 60 anos (53%). Por sexo, há um equilíbrio – 43,2% dos votos dos homens e 42,8% das mulheres.

Suas menores taxas estão entre os eleitores na faixa etária entre 35 a 44 anos (34%), entre os que têm grau de instrução da 5ª a oitava série (39%) e entre os com renda familiar entre três a cinco salários (36%).

Já o trabalhista tem seus maiores percentuais de indicação de voto entre os eleitores na faixa etária entre 35 e 44 anos (53%), entre os com renda familiar na faixa de um a três salários (48%) e entre os com grau de instrução com ensino médio (45%). Por sexo, José Augusto tem 41,7% dos votos masculinos e 41,8% dos femininos.

Suas menores taxas se situam entre os eleitores com ensino superior (20%), entre os que estão na faixa etária acima de 60 anos (27%) e entre os que têm renda familiar acima de cinco salários (31%).

20120814-111859.jpg


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro