13 de setembro de 2012 às 19h22min - Por Mário Flávio

A coligação União por Sairé enviou nota de repúdio repudiou condenando as agressões ocorridas na cidade. A nota acusa ao PT, já que mais de 70 pessoas ficaram feridas após caminhada da candidata a prefeita Elza Pedrosa (PT). Várias pessoas foram agredidas e tiveram queimaduras registradas pelo corpo.

Como não havia medico de plantão no hospital, o atendimento foi feito apenas por técnicos de enfermagem, com ajuda da população. As pessoas que ficaram mais feridas foram transferidas para hospitais de Caruaru, Bezerros e Camocim de São Félix. Na manhã desta quinta (13), a polícia de Sairé ainda fazia investigações para identificar quem teria causado o tumulto. Segue a nota na íntegra.

Nota de repúdio – A COLIGAÇÃO UNIÃO POR SAIRÉ, em respeito aos cidadãos e cidadãs de nossa amada cidade, vem a público repudiar os atos de violência ocorridos no evento da Coligação Sairé Para Todos realizado na última quarta-feira.

O povo de Sairé é testemunha que a nossa campanha sempre se pautou pela paz, respeito ao próximo e pela obediência à legislação eleitoral. A violência não faz parte do nosso perfil político, nem faz parte da cultura da nossa cidade.

Neste ano já fomos vítimas por quatro vezes de crimes eleitorais, onde se inclui os crimes de calúnia, injúria e difamação, e ainda destruição de material de campanha, o que já foi devidamente informado às autoridades, e esperamos que estas adotem as providências cabíveis.

Diferente do PT, os nossos eventos são marcados pela festa, pela alegria e pela esperança de construir uma cidade melhor para todos, e assim continuará sendo, com a vontade e a força do povo de Sairé.

Continuaremos fazendo uma campanha limpa.

José Carlos de Oliveira
Representante da Coligação


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro