7 de março de 2013 às 09h55min - Por Mário Flávio

20130307-004830.jpg

Começam a funcionar de forma oficial no próximo dia 16 os novos equipamentos que irão controlar a segurança de motoristas e pedestres na BR 104. De acordo com informações do DNIT os equipamentos fazem parte do Programa Nacional de Controle de Velocidade (PNCV). Segundo o órgão a fiscalização eletrônica auxilia no cumprimento das normas de segurança, medindo a velocidade de todos os veículos e registrando apenas aqueles que trafegam acima do limite.

Na BR 104 serão utilizados dois tipos de redutores:

RADAR FIXO: Equipamento instalado em caráter permanente, que registra automaticamente infrações de excesso de velocidade. Mais utilizado em vias de trânsito rápido.

BARREIRA (LOMBADA) ELETRÔNICA: As lombadas eletrônicas visam garantir uma velocidade segura em áreas de travessia próxima a escolas, hospitais, e em cruzamentos ou curvas perigosas, sendo especialmente indicados para áreas urbanas que apresentem restrição de visibilidade ou conflito entre pedestres x veículos. A distinção entre o radar e a barreira eletrônica é que a barreira possui um display onde o condutor pode visualizar a velocidade detectada.

Na BR 104 serão instalados dois tipos de equipamentos de fiscalização de velocidade, conforme lista abaixo:

km 39,1 (Lajes) – Barreira eletrônica

km 62,5 (Trecho urbano de Caruaru) – Radar Fixo

km 64,3 (Trecho urbano de Caruaru) – Barreira eletrônica

km 66 (Trecho urbano de Caruaru) – Barreira eletrônica

km 67 (Trecho urbano de Caruaru) – Barreira eletrônica

km 72 (Trecho urbano de Caruaru) – Radar Fixo


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro