29 de dezembro de 2020 às 09h32min - Por Mário Flávio
Brasília faz testes em massa contra o coronavírus (Covid-19), no dia do aniversário de 60 anos. Moradores fazem o teste no estacionamento do Estádio Mané Garrincha. Sérgio Lima/Poder360 21.04.2020

A Rússia atualizou nesta segunda-feira (28) o número de mortes pela covid-19, doença causada pelo coronavírus. Depois de uma revisão no método de contagem, as mortes saltaram de 55.200 para 186 mil.

O que mudou foi que os russos apenas contabilizavam as mortes por covid-19 comprovadas por autópsia. Ou seja, depois que a vítima morresse. Isso excluía pacientes que morressem mais de duas semanas depois de serem internados com o coronavírus. Neste tempo, o vírus não está mais no corpo, mas os efeitos causados pela infecção perduram.

Agora, o país russo passou a somar as vítimas que apresentaram testes positivos para a covid-19 ao serem hospitalizados.

Com isso, a Rússia subiu cinco posições no ranking de países com mais mortes pela doença. Agora é a terceira colocada, atrás apenas de Estados Unidos (342 mil mortes) e Brasil (191 mil). Na lista de casos, o país está em quarto lugar, com 3,08 milhões.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro