15 de outubro de 2017 às 18h58min - Por Mário Flávio

Maia

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), ressaltou que a publicação dos depoimentos no site da Câmara seguiu o trâmite da primeira denúncia e foi disponibilizado no sistema de informações legislativas para dar transparência ao processo.

Mais cedo, o advogado de Temer, Eduardo Pizarro Carnelós, mandou nota para a imprensa para tentar aliviar o mal-estar causado pela afirmação de que a divulgação seria um ‘criminoso vazamento’. Carnelós afirmou que não sabia que os vídeos com os depoimentos de Funaro estavam disponíveis na página da Câmara dos Deputados.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro