10 de abril de 2012 às 17h07min - Por Mário Flávio

Os deputados Aluísio Lessa (PSB), e Rildo Braz (PRP), registraram, nesta terça, denúncia de que funcionários da Usina Catende estariam retirando ilegalmente equipamentos da empresa. No início da reunião, Lessa trouxe o assunto à tribuna, informando que o empreendimento funciona sob regime de massa falida há 16 anos, e que a usina será leiloada no dia 30 de maio.

O parlamentar demonstrou preocupação, argumentando que o suposto desmanche da empresa pode prejudicar o leilão e os moradores da Zona da Mata. Segundo Lessa, a Assembleia precisa entrar em contato com a Casa Civil, as Polícias Militar e Civil, entre outras autoridades, no sentido de investigar o assunto e punir os responsáveis. O deputado também defendeu a formação de uma Comissão suprapartidária, para solucionar a questão em tempo hábil.

Já Rildo Braz lembrou a história da Usina Catende, sendo pioneira na produção de álcool no País. O parlamentar destacou que o leilão precisa ser respeitado, visando à recuperação da empresa. Ainda de acordo com Braz, o empreendimento representa a principal atividade econômica do município de Catende, sendo importante também para outras cidades da Zona da Mata.

 

Rildo quer coibir a prática na Usina, que já foi referência na produção de açúcar


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro