15 de março de 2012 às 19h09min - Por Mário Flávio

O vereador e pré-candidato a prefeito de Caruaru, Diogo Cantarelli (PSDB), apresenta na Sessão Ordinária da Câmara um requerimento que deve mexer com os brios dos governistas e levantar polêmica. O tucano solicitou ao prefeito Zé Queiroz (PDT), que a prefeitura de Caruaru pague o piso salarial nacional estipulado pelo Ministério da Educação, aos professores da rede municipal de ensino.

Com o pedido, o vereador deve usar à Tribuna e provocar aos vereadores da base. Toda vez que assuntos referentes aos professores da rede municipal são levantados na Câmara, situação e oposição travam um duelo e sobram acusações. Aliados de Queiroz dizem que o atual governo foi quem mais investiu na educação e criticam o governo de Tony Gel (DEM), pelas demissões anuais que eram realizadas sempre no mês de dezembro.

Já a oposição, critica o atual governo por ter retirado a gratificação dos professores da zona rural. O coro oposicionista é reforçado pelo fogo amigo, já que desde a volta das Sessões, em fevereiro, que o petista Rogério Meneses, pede a volta do abono.

Tucano quer levantar a polêmica com a solicitação do piso nacional aos professores


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro