30 de maio de 2012 às 10h09min - Por Mário Flávio

O jornalista Pedro Romero assina reportagem publicada hoje no Jornal do Commercio, que traz destaque negativo para o prefeito Zé Queiroz (PDT). De acordo com o texto, o pedetista foi condenado por uma ação Civil Pública, ainda na gestão de 1993. Abaixo a reportagem na íntegra:

José Queiroz sofre condenação do STJ

O prefeito de Caruaru, José Queiroz (PDT), foi condenado em uma ação civil pública, impetrada pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE), por fazer promoção pessoal e de terceiros no programa Fala Prefeito, que foi ao ar na gestão do pedetista iniciada em 1993. Seus advogados afirmam que a decisão da Justiça não ameaça a candidatura à reeleição. Em seu despacho, o relator João Bosco Gouveia de Melo destaca que a princípio o programa, custeado pelo erário municipal, buscava dar publicidade aos atos, obras e serviços, numa conotação educativa, informativa e de orientação social. “Ocorre que o réu também fez promoção pessoal e de terceiros, violando assim o parágrafo primeiro do artigo 37 da Constituição Federal de 1988”. A última decisão em relação ao caso foi dada no último dia 15, quando a primeira turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou, por unanimidade, agravo regimental impetrado pelos advogados do prefeito. Ainda segundo o JC, Queiroz não quis comentar o assunto, mas sua advogada, Diana Câmara, informou que o processo ainda não foi tramitado e julgado e que já entrou com recurso.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro