5 de novembro de 2013 às 07h55min - Por Mário Flávio

Água e óleo não se misturam, muita gente usa essa definição para explicar a distância entre o prefeito Zé Queiroz (PDT) e o vice-governador, João Lyra (PSB). Os dois faz tempo que não se entendem e as últimas declarações dos filhos de ambos, revelam que o entendimento está cada vez maia distante.

Raquel Lyra (PSB) em entrevistas recentes voltou a reclamar da falta de diálogo da prefeitura com alguns setores da sociedade e não confirma que vai voltar a fazer a dobradinha na eleição de deputado com Wolney Queiroz (PDT). Alguns vereadores, como é o caso de Ranilson Enfermeiro (PTB), afirmam que estão fechados com ela, mas ainda não se decidiram sobre a Câmara Federal.

Wolney evita o embate, mas uma postagem dele no Twitter, irritou aos aliados dos Lyra. Por meio do microblog o pedetista comemorou a aprovação do Título de Cidadão de Caruaru para o ex-ministro Fernando Bezerra Coelho, a quem chamou de “futuro governador”, o que mostra claramente a preferência do grupo por FBC.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro