18 de outubro de 2013 às 10h44min - Por Mário Flávio

raffie

Nas articulações que antecedem a corrida eleitoral de 2014, o tucano caruaruense Raffiê Dellon, que recentemente se lançou pré-candidato a deputado estadual, aproveitou a saída de Diogo Cantarelli para PRP, então presidente da legenda local do PSDB, para assumir o partido em criação de uma comissão provisória, composta por cinco membros. A justificativa para reformulação do comando do partido seria que a Executiva Estadual observou uma série de irregularidades na convenção realizada pelo diretório municipal em março.

Segundo Raffiê, houve uma definição para que o partido tivesse novos rumos em Caruaru. “O deputado Sérgio Guerra nos contactou para que pudéssemos reorganizar o partido, tendo em vista que a convenção que foi feita não foi válida por uma série de erros em nível de estatuto do PSDB Nacional. A comissão provisória formada agora contará com 5 membros do nosso grupo. É uma responsabilidade grande, pois não é fácil comandar o principal diretório do interior do estado, mas estamos assumindo esse compromisso”, explicou.

Quem não tinha conhecimento algum disso foi o vereador Eduardo Cantarelli (PSDB), que em conversa com o blog, desabafou: “Isso mostra o desrespeito do partido para quem tem mandato aqui, pois eu não fui comunicado oficialmente sobre isso e, inclusive, eu estava conversando com o deputado Bruno Araújo nos últimos dias justamente para que definíssemos qual seria o rumo do comando do Diretório Municipal, depois da saída de Diogo Cantarelli. Mas eu vou entrar em contato com a Executiva Estadual para ter maiores esclarecimentos”.

A comissão foi registrada na quinta, 17, e tem vigência até 17 de abril de 2014. Além de Raffiê, compõem a comissão o secretário Carlos Alberto, o tesoureiro Jackson Fernandes, o primeiro membro Diego Galdino e o segundo membro Gustavo Henrique.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro