23 de dezembro de 2011 às 15h00min - Por Mário Flávio

A polêmica sobre o distrito da Pelada segue a cada dia ganhando mais proporção. Os moradores voltaram a procurar o blog para apresentar novas reclamações sobre a situação do local. Além da venda de água, a maior reclamação diz respeito a cassação do alvará de um transporte alternativo, que fazia a linha entre Caruaru e a Vila. A alegação do vereador Lula Tôrres, que desde o início respondeu sobre a situação é que o toyota não oferece condições de segurança para a comunidade. “Acho que um toyota é um transporte que não oferece condições e não dá segurança. Tenho visto várias vezes esse tipo de transporte levando as pessoas de todo jeito, nunca gostei desse tipo de transporte e não é porque preciso do voto que vou enganar o povo ou mentir. No lugar onde eu tiver influência política vou combater esse tipo de transporte, já que é para o bem da comunidade. Não tenho nada contra esse rapaz e já tentei ajudá-lo, sei que ele é um pai de família, mas o melhor para a comunidade é uma empresa de ônibus”, disse Lula no início da polêmica.

No entanto, a população do local garante que outro veículo do mesmo porte segue fazendo o mesmo trabalho, mas segundo a comunidade, o atendimento não é o mesmo do motorista, que teve o alvará cassado. “Esse rapaz que teve o alvará cassado sempre fazia o bem para a comunidade. Até passe ele aceita, a comunidade não entende o motivo de cassar o alvará de um e deixar o do outro, só se for coisa política. Além disso, se a questão for segurança, esse toyota que ficou com a autorização para rodar é muito velho e o motorista atende muito ruim”, disse uma moradora que pediu reservas ao blog.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro