16 de janeiro de 2014 às 19h30min - Por Mário Flávio

20140116-192945.jpg

Foi sancionada na manhã dessa quinta-feira (16) o Projeto de Lei do Sistema Municipal de Cultura, proposto e elaborado pelos representantes culturais deste município, foi sancionado após um período de apreciação por parte o legislativo e executivo. De acordo com o prefeito Zé Queiroz (PDT) Caruaru terá mais subsídios para desenvolver projetos culturais.

Estiveram presentes representantes dos mais diversos segmentos, dentre os quais: música, produção cultural, teatro e artes plásticas. Alguns dos vereadores e secretários também compareceram à solenidade. Edileuza Portela e Severino Florêncio, que foram presidentes da Fundação de Cultura e Turismo demostraram emoção por fazer parte da história cultural de Caruaru.

“A sanção desta lei é histórica. A partir de hoje, poderemos dar mais ênfase ao projeto cultural da nossa cidade. Porém, ela não deve ser encarada apenas como uma lei, mas sim, a Fundação de Cultura terá a responsabilidade de tornar a lei uma realidade. Vamos fazer acontecer”, completou o prefeito José Queiroz.

O também ex-presidente da Fundação de Cultura e Turismo, Severino Florêncio, comentou o acontecimento. “Esse momento é de realização de um sonho para toda a classe artística. Eu estou comemorando a vida através dessa vitória.” O atual presidente da Fundação, André Alexei, explicitou sua gratidão aos que, desde junho, estão juntos nessa empreitada.

“Quando assumi a responsabilidade de tocar duas secretarias, pensei que a Fundação não me daria trabalho e que bastava fazer o São João acontecer, mas não foi bem assim. Logo vi que o São João é um grande evento, mas fica pequeno se comparado ao tamanho da cultura de Caruaru. Deixo meus sinceros agradecimentos a toda a equipe de artistas que se empenhou em tornar realidade esse sonho antigo da classe.”


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro