27 de julho de 2017 às 09h13min - Por Mário Flávio

whatsapp-image-2017-07-27-at-8.05.42-am

Do G1 Pernambuco

Deflagrada pela Polícia Federal, a 42ª fase da Operação Lava Jato prendeu dois irmãos, ambos empresários, na manhã desta quinta-feira (27), no Recife. A mesma ação prendeu, em Sorocaba (SP), o ex-presidente do Banco do Brasil e da Petrobras Aldemir Bendine. Os empresários detidos na capital pernambucana seriam operadores financeiros de Bendine.

Os quatro mandados de busca e apreensão foram cumpridos no Recife e em Ipojuca, na Região Metropolitana. Eles são relacionados a André Gustavo Vieira da Silva e Antônio Carlos Vieira da Silva Júnior. Os irmãos são sócios da empresa de publicidade Arcos. André Gustavo é representante de Bendine. Essa não é a primeira vez que ele é citado em uma delação da Odebrecht.

Antônio Carlos foi preso em casa, no Recife. A captura de André Gustavo ocorreu no Aeroporto Internacional Gilberto Freyre, na capital pernambucana. Ele embarcaria para Brasília (DF). De acordo com o advogado dos dois, Ademar Rigueira, André mora na capital federal e estava retornando para a residência.

Por telefone, Rigueira se diz surpreso com as prisões temporárias dos seus clientes e que está se inteirando do processo. O advogado ainda afirma que considerada as prisões precipitadas.

Além de Bendine, a nova fase também mira nos operadores financeiros suspeitos de operacionalizar o recebimento de R$ 3 milhões. Aparentemente, de acordo com a PF, estes pagamentos somente foram interrompidos com a prisão de Marcelo Odebrecht.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro