7 de maio de 2018 às 15h32min - Por Mário Flávio

cefaleia2

Um projeto de extensão da Asces-Unita que atrela a prática de exercício aeróbico ao tratamento da enxaqueca tem ajudado diversas pessoas a se livrar desse incômodo problema. A iniciativa busca avaliar a influência de diferentes intensidades de exercício na intensidade e duração da dor de cabeça, em mulheres com enxaqueca ou cefaleia do tipo tensional. O projeto é do curso de Bacharelado em Educação Física e coordenado pela professora Yumie Okuyama.

Estudos atuais defendem que aqueles classificados como fisicamente ativos podem ter menos episódios de enxaqueca e uma menor intensidade na dor. Dessa forma, os exercícios físicos vêm se mostrando eficazes na modulação da dor, apesar de a enxaqueca ter características de dores muito fortes, afastando as pessoas das atividades rotineiras.

O projeto foi lançado no semestre passado e os resultados já são perceptíveis. Todas as mulheres que concluíram o acompanhamento e o programa de exercícios tiveram a diminuição da frequência, duração e intensidade da dor de cabeça.

De acordo com a professora Yumie, além de melhorar a qualidade de vida das participantes, a pesquisa também vai ajudar a aprofundar os estudos sobre o assunto. “Percebe-se na literatura uma carência de estudos para evidenciar os benefícios dos exercícios aeróbicos sobre a cefaleia e, principalmente, a dosagem desses exercícios”, explicou. A pesquisa também faz parte da sua tese de Doutorado em Neuropsiquiatria e Ciências do Comportamento.

Requisitos e inscrições

Podem participar do projeto mulheres na faixa de 18 a 60 anos, que tenham dois ou mais episódios de enxaqueca por mês. É necessário que não tenham o hábito de praticar atividade física e não apresentem problemas osteoarticulares que contraindiquem a realização de exercício físico.

As inscrições para a nova turma do projeto estarão abertas até o final deste mês e podem ser feitas pelo link: https://bit.ly/2qKboDz. As atividades começam no mês de junho, com dois meses de acompanhamento das dores de cabeça. O programa de exercícios começa em agosto, com três sessões por semana, na Academia Escola da Asces-Unita. Informações: 81 9 9506 8736.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro