6 de janeiro de 2012 às 15h30min - Por Mário Flávio

A Lei 12.587, do Governo Federal, disciplina, entre outros pontos, as diretrizes da Política Nacional de Mobilidade Urbana. Esse plano tem como objetivo contribuir para o acesso universal à cidade, através do desenvolvimento urbano, dentro de um planejamento e gestão democrática do Sistema Nacional de Mobilidade Urbana. Em ano eleitoral, políticos de Caruaru devem apresentar essas diretrizes como mote de planos de governo. O vereador Diogo Cantarelli (PSDB), que se anuncia pré-candidato à prefeitura do município, já adiantou que pretende discutir essas metas quando o legislativo voltar do recesso.

Vereador acredita que mobilidade urbana pode ser implantada em 1 ou 2 anos

De acordo com o tucano, ele vai propor uma audiência pública para debater a viabilidade da Mobilidade Urbana (MU) para Caruaru. “O trânsito da cidade apresenta problemas, justamente devido à sua expansão nos últimos anos, são problemas que precisam ser solucionados logo, a fim de garantir que a cidade cresça, mas desenvolva sua estrutura urbana. Além disso, a Copa do Mundo de 2014 se aproxima, e o trânsito caruaruense provavelmente deve ser afetado pelo fluxo de turistas no estado, então é necessário discutir o planejamento urbano, ainda mais porque isso a mobilidade urbana é uma projeção do Governo Federal”, explicou Diogo.

O objetivo  da audiência pública seria ouvir antigos gestores da cidade com suas experiências administrativas, junto com a sociedade civil. Diogo também planeja trazer a Comissão de MU da Assembléia Legislativa de Pernambuco. composta pelo petebista Silvo Costa Filho, João Fernando Coutinho (PSB), Daniel Coelho e Betinho Gomes, ambos do PSDB. “Este é um projeto alcançável em Caruaru e precisamos focar o que é prioridade para desenvolver no município”, finalizou o tucano.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro