20 de fevereiro de 2013 às 10h52min - Por Mário Flávio

20130220-104443.jpg

Os professores de Caruaru realizaram uma grande passeata nas ruas de Caruaru. Os docentes saíram do Sismuc em direção da prefeitura da cidade. Dezenas de professores pararam as principais vias do centro e usaram faixas e apitos para protestar contra a aprovação do PCC para os profissionais da educação. Os docentes garantem que se o Executivo não ceder e mudar alguns pontos da redação do Projeto, a greve será deflagrada.

“Caso essa situação absurda não seja revista o nosso único caminho é a greve. Esse PCC é uma afronta a LDB e a Constituição, diferentemente do que disse o líder do governo na Câmara”, discursou o Presidente da Atec, Fred Santiago. O coro foi reforçado pelo presidente do Sismuc, Eduardo Mendonça, que reforçou o apoio ao movimento. “Esse é um movimento da categoria e o Sismuc apenas apoia”, pontuou.

O movimento contou ainda com a participação de líderes da Uesc e Uespe, que no fim da manifestação usaram o megafone para puxar gritos de guerra contra a votação do PCC. Os manifestantes criaram ainda a árvore do luto, para representar o movimento. Na próxima sexta-feira, será realizada a partir de 15h na sede da União Beneficente uma Assembleia para definir se a greve será deflagrada.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro