25 de fevereiro de 2013 às 09h55min - Por Mário Flávio

64566_102484636604591_607627048_n

Desde que o projeto que atualizou o PCC da educação em Caruaru foi votado, os vereadores de Caruaru têm sido alvo de muitas críticas dos professores da rede municipal de ensino. Após a assembleia que decidiu pelas paradas alternadas, os docentes seguiram em direção ao Marco Zero da cidade e pararam em frente a Casa Jornalista José Carlos Florêncio.

Várias ofensas foram entoadas pelos professores, que contaram com o apoio de lideranças da Uesc e Uespe. O líder do governo na Casa, vereador Dr. Demóstenes (PSD), é o mais criticado, devido às declarações proferidas na imprensa. Os manifestantes citam que levaram uma bola nas costas por parte do vereador, já que no ano passado ele apresentou o projeto que criava a eleição democrática nas escolas e esse ano, defende com unhas e dentes o PCC.

Pelo Facebook, os docentes criaram várias artes com as fotografias dos vereadores e colocaram a imagem de todos os que votaram a favor do projeto com o dizer “Votei contra o professor. Sou contra a educação”.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro