22 de fevereiro de 2013 às 16h18min - Por Mário Flávio

professores_caruaru

Terminou por volta das 16h a assembleia extraordinária dos professores da rede municipal de Caruaru. Após um intenso debate sobre a deflagração da greve, os docentes decidiram por paradas alternadas de dois dias por semana, sempre nas terças e quintas durante todo o dia, com atos realizados pela manhã na terça e a tarde na quinta. De acordo com o registro da ata da assembleia, mais de 400 professores participaram do encontro.

No contexto

Zé Queiroz sobre o PCC dos professores: “Já está sancionado, a administração sabe o que quer”

Para Leonardo Chaves, PCC dos professores anterior inviabilizaria o erário público em Caruaru

Prefeitura de Caruaru justifica atualização do Plano de Cargos e Carreiras dos professores da rede municipal

PROPOSTAS – Foram votadas três propostas. A primeira foi um voto de repúdio ao vereador e líder do governo Dr. Demóstenes (PSD), que foi aprovada por unanimidade. A discussão foi intensa a partir da segunda proposta, e por sugestão da plateia, duas pessoas foram escolhidas para defender cada proposta. A segunda era decretar o movimento paredista por 30 dias, ou seja, a greve por tempo indeterminado, mas temendo movimento contrário por parte do jurídico do Executivo, a mesma foi rejeitada.

A terceira proposta foi a que ficou definida. Os professores irão optar por paradas alternadas durante a semana, com duas, situação que agradou a maioria e evita a deflagração da greve, mas gera a ausência dos docentes das salas.

Durante a reunião os professores receberam cartas de apoio de outros sindicatos de várias cidades do Estado. Contudo, os professores não encerraram as mobilizações desta sexta à tarde com a aprovação de paralisações semanais. Também saíram às ruas do Centro de Caruaru para protestar contra a sanção do projeto que atualiza o Plano de Cargos e Carreiras dos Servidores. E eles ainda pararam em frente à Câmara Municipal para dar gritos de guerra contra os vereadores, que aprovaram com unanimidade o novo PCC.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro