11 de abril de 2015 às 16h12min - Por Mário Flávio

 

Um grupo pequeno, mas barulhento recepcionou o governador Paulo Câmara durante a realização do seminário Todos por Permambuco hoje em Caruaru. Os docentes reclamaram da votação na Assembleia que atualizou o piso do professor para os professores do magistério. Faixas pediam a valorização do corpo docente. A manifestação foi organizada pelo grupo do Sintepe Regional, que possui membros da ATEC. O representante do sindicato em Caruaru, Fabiano Andrade, explicou ao blog os motivos das críticas ao governo. 

“A paralisação é necessária uma vez que as negociações estão acontecendo, porém, não avançam na questão de repasse do piso porque o Governo se apoia no argumento dos números e na questão da crise para justificar o não pagamento do reajuste que já é retroativo à janeiro. Como não é aumento, é repasse, não tem esse impacto direto nas contas do Estado pois, é dinheiro federal. O pedido de paciência é uma demosntração da falta de argumentos e de como esse governo do PSB vem maltratando o profissional de educação. Agora, hoje o contexto é outro. O momento é favorável aos professores e com organização e mobilização conseguiremos validar não só o direito ao piso como outros que encontram-se travados há anos como a questão das condições de trabalho, além de rcuperar a autoestima dos professores da rede”, disse. 


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro