13 de maio de 2015 às 07h55min - Por Mário Flávio

De acordo com a deputada estadual Priscila Krause (DEM) o governo estadual determinou, por meio de cinco decretos assinados pelo governador Paulo Câmara (PSB) – publicados de fevereiro a maio -, a realocação de R$ 3,4 milhões antes previstos para a ação em prol do abastecimento por meio de investimentos do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA). A informação foi repercutida na sessão plenária da Assembleia Legislativa. O último decreto nesse sentido foi publicado na última sexta-feira (8).


“É fato que o governo estadual está em crise, assim como todos os outros entes federados, mas é inadmissível que retirem verbas de ações de combate à seca. Mais sério ainda é praticamente não executar investimentos do IPA em quatro meses de administração. O ajuste do governador precisa cortar em supérfluos e não em ações tão básicas ao povo do interior”, afirmou Priscila.

            

A deputada também questionou a administração estadual a respeito da redução significativa de investimentos realizados pelo IPA, responsável por ações no âmbito de infraestrutura hídrica como perfuração e instalação de poços, implantação de dessalinizadores, sistemas de abastecimento de água simplificados e construção de barragens mecanizadas de pequeno porte. Enquanto nos últimos quatro anos (de 2011 a 2014) os investimentos do IPA no primeiro quadrimestre tiveram uma média de R$ 5,89 milhões, esse ano o valor somou R$ 15.058,40. Os dados estão disponíveis no Portal da Transparência do governo estadual. 


Investimentos realizados pelo IPA no 1º quadrimestre (janeiro a abril) 

 

2011: R$ 8.161.345,00*

2012: R$ 2.688.659,00*

2013: R$ 6.164.590,00*

2014: R$ 6.579.847,00*

2015: R$ 15.058,40

*Corrigido pelo IPCA


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro