12 de junho de 2012 às 16h35min - Por Mário Flávio

Terminou agora há pouco a entrevista coletiva sobre a instalação da fábrica de caminhões e ônibus Shacman em Caruaru. Por uma determinação da empresa chinesa, os Executivos não estão autorizados não participaram da sabatina dos jornalistas.

O presidente da ADDiper, Márcio Stefany, destacou a força do investimento para alavancar a economia da região. “Hoje foi um dia muito produtivo. É um investimento signficativo que já vem aliado com a fábrica de motores. Fomos ao terreno e eles já trouxeram a olanta com a ideia do que vai ser a fábrica. Eles só falam em trabalhar e amanhã teremos reuniões com concessionárias e bancos, além da mào de obra”, disse o presidente da ADDiper.

O prefeito Zé Queiroz (PDT) disse que o dia é histórico para Caruaru e que a parte da prefeitura já foi cumprida. “Esse dia representa um marco para Caruaru. Gostaria de valorizar aqui o trabalho da nossa secretaria de Desenvolvimento Econômico. A parte de Caruaru está cumprida e será terminada hoje com um jantar no Palácio do Campo das Princesas, além de encontros importantes amanhã”, disse Queiroz.

Ainda de acordo com o presidente da ADDiper os chineses saíram impressionados com a infraestrutura da cidade. “Temos uma parceria com o governo de Pernambuco, ainda nào temos a noção exata, mas poderemos ter a geração de cerca de mil empregos diretos na região, isso só falando na fábrica de caminhões”, destacou Márcio Stefany.

A terraplenagem será feita pelo governo de Pernambuco. A empresa fica localizada próximo ao distrito do Rafael, na zona rural de Caruaru. A expectativa é que o primeiro caminhão seja fabricado em 24 meses, mas a obra deve ser entregue antes disso. Após o quinto ano de instalação, a fábrica deve produzir cerca de 10 mil veículos que serão cedidos para países da África e América do Sul.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro