13 de junho de 2012 às 18h42min - Por Mário Flávio

A primeira Câmara do TCE emitiu hoje parecer prévio recomendando à Câmara Municipal de Catende a rejeição das contas do prefeito Otacílio Alves Cordeiro referente ao exercício financeiro de 2010. O relator do processo foi o conselheiro Dirceu Rodolfo.

Segundo ele, o chefe do Poder Executivo comprometeu com a folha de pessoal 66,22% da receita corrente líquida do município, quando o máximo permitido é 54%, fez um repasse a maior no valor de R$ 5.440,38 para a Câmara Municipal e deixou de recolher à Previdência R$ 2.675.448,97 referente à parte patronal e R$ 678.687,20 que foram descontados dos servidores.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro