18 de setembro de 2013 às 10h55min - Por Mário Flávio

20130918-021204.jpg

Com o anúncio do afastamento da presidente do diretório do PPS em Caruaru, Adriana de Góis, na semana passada, foi definido que o militante Nivaldo Jr. será comandará a legenda até janeiro de 2014, após reunião ordinária da executiva municipal na sexta (13). Em conversa com o blog, ele explicou que é preciso trazer novos filiados e dar espaço para os atuais membros, além de destacar a importância do encontro regional que será realizado na Capital do Agreste em outubro.

No contexto

Podcast – Adriana de Góis reconhece fragilidade da oposição e avalia rumos do PPS em Caruaru para 2014

“Nesse período, vamos continuar fortalecendo o partido, trazer novos filiados e valorizar quem já faz parte da legenda, fazendo oposição de situações que devem ser debatidas no município. O PPS vai ficar ao lado do povo, vamos junto com o povo apoiar essas manifestações, cobrando o que é necessário. Na situação dos professores para apoiá-los em relação a essa situação [atualização do PCC] que não deveria ter acontecido. Também apoiamos as investigações referentes ao TCU”, ressaltou.

Falando em oposição, ele elogiou o único vereador do partido na cidade, Jajá (PPS), e minimizou as desavenças entre o edil e Adriana. “No caso do vereador, Jajá está fazendo um bom papel, ele tem que mostrar o que está errado no município e cobrar do prefeito soluções. Acredito que o partido é uma família, em que há dificuldades, momentos de alegrias e tristezas, e algumas vezes há brigas, mas nosso relacionamento é bom, ele me chamou pra conversar e pretendemos ter um relacionamento melhor ainda”, garantiu.

Sobre o encontro do Agreste Setentrional do PPS em Pernambuco, Nivaldo destacou a importância de discutir as possibilidades de candidaturas pelo partido em 2014. “Estamos entrando em contato para a semana com a Estadual, acredito que sera na primeira quinzena de outubro. Um dos motivos desse encontro é justamente avaliar essas possibilidades de candidaturas a deputado estadual. Temos três filiados que já demonstraram interesse em se candidatar: Joel do Betel, Carlinhos da Ceaca e o Jajá, vamos aprofundar essa discussão para saber qual a melhor decisão até o próximo ano”, projetou.

Já sobre a condução de Adriana de Góis no diretório, Nivaldo considera que ela foi fundamental para reestruturar o partido no município. “Foi um bom mandato, se a gente analisar direito, o PPS nunca tinha feito um vereador, e faltaram poucos votos para fazer um segundo, que seria Carlinho da Ceaca. Ela estruturou o PPS e deu condições para que elegêssemos um vereador. Quem sabe, futuramente, poderemos eleger dois ou três”, avaliou.

Adriana justificou seu afastamento devido a compromissos acadêmicos. Junto com ela, pediu renúncia a vice-presidente Josefa Leandro. Nesse caso, assumiria o secretário Esequias Alcântara, que recusou a proposta e, por isso, houve a reunião para escolher um membro da executiva municipal para o comando do diretório.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro