6 de março de 2012 às 09h45min - Por Mário Flávio

O presidente da subseccional da OAB em Caruaru, Saulo Amazonas, comentou a polêmica envolvendo os advogados Marcelo Cumaru e Osório Chalegre, que também é procurador do município. Segundo ele, a Ordem não vai entrar no debate publicamente, no entanto se for acionada, tomará as providências, se for cabível e necessário. “Não recebmos nada, porém é importante dizer que o Proceso na OAB tramita em segredo, só as partes e seus procuradores é que têm acesso aos autos”, disse Amazonas.

Ainda de acordo com o presidente da Ordem, assim que chegar alguma denúncia a mesma será analisada de forma imparcial. Saulo Amazonas ainda lamentou a desavença por meio das redes sociais. “Na hora que a OAB tiver que analisar a questão, o fará, independente de quem seja, pois o que será apurado é a atitude do profissional, a luz do Estatuto da Advocacia e da OAB”, ponderou.

Entenda o caso

No dia 26 de fevereiro, o fotógrafo Carlos Sá, publicou na rede social Facebook um post intitulado “As Pracas de TonêGeú” com críticas ao ex-prefeito Tony Gel e ao advogado Marcelo Cumaru, ligado ao grupo político de Tony. O texto vem acompanhado por uma fotografia que mostra uma das pedras com mensagens elogiosas ao ex-prefeito, pintadas no trajeto do Anel Viário Deputado José Antônio Liberato, na ocasião de sua inauguração. A pedra continha a seguinte mensagem: “Tony Gel, valeu “apena” votar em você. Marcelo Cumaru”.
Além da imagem, o fotógrafo escreveu um texto em que criticava a forma errada como o termo “a pena” fora grafado, além de agredir diretamente o ex-prefeito e o advogado Marcelo Cumaru, que na época era seu secretário adjunto de Infância e Juventude. “Esta foto eu a tirei em dezembro de 2002, quando da inauguração daquela obra que os “amarelos” chamam de “Anel Viário”, mas que de anel não tem nada. Todos os secretários, amigos, assessores, babas iam escrevendo (e assinando) mensagens “positivas” em cada pedra ou rocha que iam encontrando no caminho do “anel” pelo qual a “chefia” ia desfilar, soberbo. Esta bela “homenagem” da foto, devidamente assinada, mostra o “capricho” de seu autor em seguir a “Cartilha do bê-abâ Geliniano”… Benza Deus!!!”, escreveu o fotógrafo.

Assim que o conteúdo foi publicado na rede, outros usuários compartilharam em seguida. Entre eles, o publicitário Jackson Carvalho e o Procurador Geral do Município, Osório Chalegre, ambos ligados ao prefeito José Queiroz. Muitas pessoas criticaram a atitude de Jackson Carvalho, inclusive o próprio Marcelo Cumaru, que escreveu, em tom de desabafo, ao publicitário, questionando o por que de haver compartilhado as mesmas agressões. Adiante, Jackson excluiu a publicação e respondeu ao advogado que havia compartilhado o conteúdo “por ter achado engraçado”, mas que o respeitava como profissional e como pessoa. Osório Chalegre, ao contrário, além de compartilhar e fazer comentários apoiando as declarações de Carlos Sá, fez campanha para que as pessoas seguissem o perfil do fotógrafo e disseminassem o seu conteúdo. “Como? não adicionaram ainda Carlos Sá no facebook??!! Estão perdendo o melhor perfil de Caruaru #fato”, escreveu o Procurador.

 


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro