18 de janeiro de 2013 às 17h30min - Por Mário Flávio

20130118-151714.jpg

O presidente da Fundarpe, Severino Pessoa, concedeu entrevista ao vivo com exclusividade hoje no Programa Conteúdo. Ele confirmou que devido ao erro do TEA foi orientado pelo setor jurídico da Fundação para não pagar o cachê dos artistas que se apresentaram no espetáculo Cânticos da Paixão em 2012. Segundo ele, além de ter perdido os prazos para enviar os documentos, o TEA teve problemas de ordem jurídica e por isso o pagamento não foi efetuado.

O dirigente garantiu que a Fundarpe não teve nenhuma culpa no não pagamento do cachê e disse que pelo menos cinco emails foram enviados para os dirigentes do TEA e nem sequer uma resposta foi dada. Pessoa disse ainda que no ano passado, foram realizados 18 espetáculos da Paixão de Cristo em Pernambuco e que apenas o de Caruaru não teve o pagamento quitado. No entanto, mesmo com a dificuldade ele disse que vai fazer consultas para verificar se existe outra forma de pagamento. Abaixo segue o link com a entrevista completa.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro