19 de março de 2012 às 18h32min - Por Mário Flávio

Em nota a prefeitura de Caruaru se pronunciou sobre a decisão do Desembargador, que acatou efeito suspensivo em favor dos servidores da Destra.

NOTA

A Prefeitura de Caruaru não irá comentar a posição do Tribunal de Justiça de Pernambuco, que na tarde desta segunda-feira (19/03) concedeu efeito suspensivo à decisão sobre greve decretada pelos guardas municipais e agentes de trânsito. Na semana passada, a Justiça havia declarado a paralisação ilegal e abusiva. O Governo Municipal antecipa que irá recorrer e afirma, novamente, que cobriu 13 dos 14 itens da pauta sindical, chegando a oferecer à categoria um reajuste de 15%, superando a inflação acumulada entre 2010 e 2011. Este é o limite máximo para o poder público. Como já foi explicado, os servidores querem reduzir a carga horária de trabalho, que estava prevista no edital do concurso realizado em 2009. O Município mantém a definição de só voltar a dialogar com os grevistas com o retorno deles ao trabalho, para fecharmos questões importantes como o plano de Cargos e Carreiras, proposto pelo Executivo.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro