4 de maio de 2012 às 15h05min - Por Mário Flávio

Para atender uma decisão do Tribunal de Contas do Estado (TCE), a Procuradoria Geral do Município de Caruaru vai entrar com uma ação de execução contra o ex-prefeito Manoel Teixeira de Lima, o Neguinho Teixeira. O TCE condenou o ex-prefeito a ressarcir a quantia de R$ 16 mil (valores atualizados, desde 2008), referentes à concessão indevida de diárias, entre outras irregularidades, quando ele era presidente da Câmara de Vereadores.

Segundo o relatório de auditoria do TCE, o ex-prefeito fez o pagamento de diárias referentes a um evento realizado em Brasília (DF) sem comprovar a hospedagem naquela cidade. Na prestação de contas foi anexada, como comprovação, notas fiscais de um hotel sediado em Aracajú (SE).

Neguinho Teixeira também é acusado de pagar diárias com valor superior a 80% ao previsto na legislação municipal. Para o Procurador do município, Osório Chalegre, a medida, além de atender a uma determinação da Corte de Contas, visa recompor o patrimônio público do dano causado pelo ex-gestor.

Neguinho Teixeira assumiu a Prefeitura de Caruaru em 2008, após a renúncia do ex-prefeito Tony Gel (DEM), que deixou o cargo para disputar um mandato de vereador na Capital do Agreste. 


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro