11 de março de 2013 às 18h25min - Por Mário Flávio

Depois de noticiada a confirmação de que o projeto de instalação da montadora Shacman em Caruaru havia sido suspenso, nada mais se falou oficialmente a respeito. De fato, foi o próprio secretario de Desenvolvimento Econômico, Marcio Stefanni, que confirmou as mudanças nos planos da empresa chinesa, embora o governo do estado reconheça que não recebeu qualquer comunicado oficial sobre a vinda ou não da montadora.

No contexto

Secretário confirma que projeto da fábrica de caminhões para Caruaru está suspenso

Empresários que investiram em terrenos na BR 104 estão com a mão na cabeça

De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria de Desenvolvimento econômico, a justificativa é de que a empresa passa por um momento de reavaliação estratégica, já que a empresa planeja um investimento na cidade de Tatuí, interior de São Paulo, tendo em vista que o objetivo seria se adequar à área mais próxima de alcance de fornecedores de peças.

Na verdade, o secretario optou por ele mesmo dar qualquer resposta sobre a vinda Shacman e, segundo a assessoria de imprensa, ele não está no Brasil esta semana para autorizar um posicionamento oficial sobre essa situação. Neste caso, se mantém apenas o que ele disse semana passada. Isso equivale a dizer que o governo ainda está na disputa para instalar a fábrica, sob a justificativa de que o projeto para o interior de São Paulo é diferente, com um custo reduzido e que se trata de um teste estratégico da Shacman.

O blog entrou em contato com a prefeitura de Caruaru e a secretaria de desenvolvimento econômico municipal informou que não obteve resposta oficial do governo do estado sobre a declaração do secretario, além do que disse Márcio Stefanni. No entanto, a assessoria de Comunicação informou que está tentando agendar uma audiência com a secretaria de desenvolvimento econômico estadual para obter informações concretas sobre a suspensão do projeto.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro