6 de maio de 2014 às 19h47min - Por Mário Flávio

20140506-194910.jpg

A prefeitura anunciou que não vai mais permitir que os desfiles sejam realizados na Avenida Agamenon Magalhães, principal via da cidade. Eventos como Desfile de 7 de Setembro, Parada Gay e Marcha para Jesus, também não vão ocorrer. A decisão atinge ainda as Avenidas Manoel de Freitas e Rio Branco. Segundo o executivo municipal, a decisão foi tomada para preservar a obra de requalificação do local, que segue em fase de execução. Com o anúncio da mudança, foi apresentada Avenida Portugal, como o novo local para que as quadrilhas estilizadas possam desfilar no dia 24 de junho. A mudança não agradou aos empresários e pela primeira vez, após mais de 20 anos, o desfile deve ser cancelado.

“Não observamos outro local para o desfile. Na Avenida Portugal é inviável a apresentação e se essa decisão for mantida, dificilmente iremos manter o desfile”, disse o empresário Fred Gomes. Ele representa quatro agremiações.

O promotor Paulo Augusto deu um prazo para que haja um acordo. “Suspendemos o diálogo hoje para que os representantes da drilhas, prefeitura e polícia possam conversar com os patrocinadores, para que tragam para o Ministério Público a nova realidade da situação e a gente possa concretizar a assinatura do TAC”, disse.

Sobre as drilhas ele deu o prazo até sexta-feira (09), para que um Termo de Ajustamento de Conduta seja assinado. A foto é de Rafael Lima.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro