3 de fevereiro de 2014 às 14h26min - Por Mário Flávio
José Queiroz sancionou Lei devido a aperto do prazo para enviar o Projeto

José Queiroz sancionou Lei devido a aperto do prazo para enviar o Projeto

O último ato envolvendo o BRT em Caruaru foi realizado, pelo menos na teoria. O prefeito Zé Queiroz (PDT) sancionou o projeto que autoriza o Poder Executivo a contratar empréstimo de R$ 250 milhões junto ao Banco do Brasil, para projetos e Construção de Corredor Exclusivo para o Bus Rapid Transit – BRT, além da pavimentação e requalificação de vias urbanas. O texto está publicado no Diário Oficial do Município dessa semana.

A urgência na publicação se justifica pelo prazo para que o empréstimo seja liberado. De acordo com informações repassadas pelo secretário de projetos Especiais, Paulo Cassundé, no dia 14 de fevereiro o Ministério das Cidades deve se pronunciar sobre a liberação do empréstimo.

O projeto é o principal foco da Operação Ponto Final, que culminou com a prisão de dez vereadores no mês de dezembro de 2013. De acordo com investigações da Polícia Civil os parlamentares tentaram obter vantagens para votar a favor do empréstimo.

VOTAÇÃO – No dia 23 de janeiro uma sessão relâmpago aprovou o pleito da prefeitura. Com maioria folgada, o governo obteve 20 votos e apenas Rosimery da Apodec e Joel da Gráfica, ambos do DEM, votaram contra.

ANULAÇÃO – O empresário Rivaldo Soares entrou com uma ação junto ao Ministério Público para que seja anulada a votação. Ele alegou que houve vícios na realização da sessão. No entanto, ainda não obteve resposta do MPPE.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro