12 de janeiro de 2018 às 05h53min - Por Mário Flávio

Como o PR de Pernambuco ficou pequeno para acomodar o deputado federal Sebastião Oliveira e o prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira, um dos dois terá que sair para se abrigar em outra legenda. O grupo do prefeito deu o pontapé com o pedido de desligamento, ontem, do ex-deputado Manoel Ferreira, pai dele e do deputado estadual André Ferreira. Manoel presidia o PR do Recife e antecipou sua saída do partido ao pressentir que não teria espaço para colocar os pleitos da família “Ferreira” na próxima eleição estadual.

O ex-deputado federal e mandachuva nacional do partido, Valdemar da Costa Neto, delegou poderes a Sebastião Oliveira para decidir sozinho os rumos do partido em Pernambuco. Isso desagradou ao prefeito, que talvez prolongue sua permanência no partido por não ser candidato a nada em outubro próximo.

Seu pai, no entanto, inconformado com o tratamento dado ao filho, caiu fora do partido e irá abrigar-se em outro, provavelmente o PSC que é presidido regionalmente pelo filho André Ferreira. Sem ele, o PR ficará sem seu principal “puxador” de votos nas próximas eleições, obrigando os deputados Henrique Queiroz e Rogério Leão a se abraçaram com o “chapão” da Frente Popular.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro