12 de novembro de 2017 às 19h27min - Por Mário Flávio

Luciano

O presidente nacional do PPS, deputado Roberto Freire (SP), voltou a reunir-se no Rio de Janeiro com o apresentador da TV Globo, Luciano Huck, a fim de oferecer-lhe o partido para disputar a Presidência da República no próximo ano.

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, deputado federal por Pernambuco, tem participado dessas conversas. Semana passada, o PCdoB lançou a candidatura da deputada estadual Manoela D’Ávila (RS).

O PPS, que se diz herdeiro do extinto “partidão” (PCB), pretende lançar também um candidato. E como não dispõe de quadros fortes para entrar na disputa, está em busca de uma celebridade.

A última reunião de Huck (que em algumas pesquisas de opinião aparece com 5% das intenções de voto) com a cúpula do PPS ocorreu na casa do economista Armínio Fraga, segundo o jornal “O Estado de São Paulo”.
Por meio de nota, a assessoria do apresentador de TV disse o seguinte: “Como já foi dito, neste momento Huck não é candidato. Porém, ele está fortemente ligado aos movimentos cívicos do ‘Agora!’ e ‘Renova’. É natural que esteja conversando com todas as esferas políticas, inclusive com membros de partidos como o PPS. Uma posição pluripartidária. Ele tem muito respeito pelo (Roberto) Freire, pelo (Raul) Jungmann e pelo (senador) Cristovam Buarque


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro