15 de março de 2012 às 09h00min - Por Mário Flávio

A presidente do PPS em Caruaru, Adriana de Góis, voltou a afirmar que o partido está na oposição. Ela foi mais além e disse que defende a unidade das oposições para que o partido tenha um candidato forte no pleito que se aproxima. A ex-secretária de Educação disse que o partido segue sendo de esquerda, mas que atua na oposição. “Para termos uma situação de potencial de votos em Caruaru o ideal é a busca por uma candidatura única de oposição. Assim como os conceituados partidos como DEM, PSDB e o próprio PPS poderão sair com uma candidatura, a priori temos que manter um candidato de oposição, podendo ser Diogo, Adjar ou até mesmo o meu nome”, disse.

No entanto, ela citou que esse nome para unir as oposições deve ser mesmo o de Miriam Lacerda, do Democratas. “Ela citou até o meu nome como uma possível candidata, mas ela (Miriam) é a favorita, ressalto mais uma vez que o propósito dos partidos nas conversações é unir a oposição em torno de uma candidatura única”, pontuou.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro