29 de janeiro de 2014 às 13h25min - Por Mário Flávio

Zé Américo

A novela dos dez vereadores de Caruaru registra mais um capítulo, e dessa vez não terá final feliz para boa parte dos servidores da Câmara Municipal. Com a decisão do juiz da Vara da Fazenda Pública José Fernando dos Santos Souza em manter afastados os parlamentares das suas funções legislativas, a Câmara segue tendo que arcar com os salários de 33 vereadores. E para que isso seja possível, desde o início de janeiro 27 pessoas foram demitidas, e na próxima sexta feira a casa terá que demitir mais 63 funcionários. O procurador da Câmara, José Américo, explicou.

“Inclusive eu conversava com o pessoal do departamento financeiro e gestão de recursos humanos da casa, e não nos resta outra saída. É com grande responsabilidade que a gente tem que adotar as decisões necessárias para que não passemos do limite da lei de responsabilidade fiscal que é no máximo 70% de despesas com pagamento de pessoal”, disse o procurador.

José Américo contou ainda que a Câmara já foi notificada pela justiça com a sentença do juiz José Fernando dos Santos Souza. “Dentro dessa questão processual, nós acabamos de ser intimados da decisão proferida do Dr. José Fernando, nós vamos fazer uma análise agora da decisão e efetivamente como nós já temos dito qualquer decisão judicial na qual a Câmara for comunicada oficialmente pelos órgãos judiciais, a Câmara vai fazer a análise e encaminhar ao devido cumprimento. Eu quero ressaltar que há uma observação do juiz em que a gente dê cumprimento a decisão dele sob pena de multa diária de 100 mil reais. Então, nos reunimos com a mesa diretora e explicamos toda essa situação e dá cumprimento efetivo à decisão do magistrado”, afirmou José Américo.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro