7 de março de 2014 às 12h13min - Por Mário Flávio

Aberto ao público desde às 11h o velório do deputado federal Sérgio Guerra está acontecendo no Plenário da Assembleia Legislativa. Políticos dos mais variados partidos, além de parentes, amigos e correligionários, já passaram pela Alepe. Dentre eles, os governadores de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), e de São Paulo, Geraldo Alckimin (PSDB). O ex-governador e ex-candidato à Presidência da República, José Serra (PSDB), também esteve presente, dentre outros tucanos de expressão nacional e estadual.

O presidente da Assembleia, deputado Guilherme Uchoa (PDT), lamentou a perda, e disse que o perfil conciliador de Sérgio Guerra ficou provado no velório, ao reunir tantos nomes políticos das mais variadas tendências partidárias. Segundo Uchoa, Guerra era conciliador, inteligente e sempre tinha uma posição política definida.

Sérgio Guerra morreu na última quarta-feira (seis), aos 66 anos. Ele estava internado há mais de vinte dias no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, em decorrência de uma pneumonia. O deputado lutava contra um câncer no pulmão.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro