4 de julho de 2017 às 11h20min - Por Mário Flávio

WhatsApp Image 2017-07-04 at 10.16.15

Do G1 Caruaru

Completa 10 anos nesta terça-feira (4) da morte do ex-vereador Sebastião Fernando Dias de Oliveira, que era mais conhecido como Lambreta. O fato marcou a política de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, já que durante cinco mandatos, ele teve uma atuação destacada junto as comunidades carentes no Bairro Centenário e Morro Bom Jesus.

Para lembrar a data, uma missa vai ser realizada na Igreja do Convento, às 19h. De origem humilde, o ex-gari atuou pela primeira vez na política como diretor de limpeza do primeiro governo do ex-prefeito José Queiroz, em 1982. De acordo com o filho e herdeiro político, Bruno Lambreta, que atualmente exerce o segundo mandato de vereador em Caruaru, a atuação na diretoria permitiu a primeira eleição na Câmara.

Foram cinco mandatos consecutivos de 1989 à 2004, sendo que nesse último foi o mais votado com 3.748 votos. De grande carisma entre a população, Lambreta atuou junto as principais lideranças da esquerda em Pernambuco, fora filiado nos dois primeiros mandatos ao PMDB, depois ao PSB, em seguida PPS e por fim PDT. Falecido a 4 de julho de 2007, o fato causou comoção em familiares, amigos e eleitores de Lambreta.

No velório do político, o então governador Eduardo Campos, veio até o local e se juntou a várias lideranças. No cortejo da Câmara até o Cemitério São Roque, as principais ruas do centro da cidade foram tomadas, para acompanhar o trajeto do carro do corpo de bombeiros, que levou o corpo do político.

A cientista política Ana Maria de Barros lembrou o papel de Lambreta para representar as camadas mais pobres na Câmara Municipal. “Antes de Fernando Lambreta, a gente não tinha essa configuração de uma representatividade na Casa Legislativa. Ele tinha uma identidade muito grande com o povo do Bairro Centenário”, disse.

Ainda segundo Ana Maria de Barros, o ex-vereador não usou a política para aumentar o patrimônio e sempre esteve ligado na assistência as comunidades carentes. “Ele não ficou rico, pelo contrário, usou o mandato para ajudar aos mais pobres. Tinha uma identidade muito grande com o povo, as pessoas mais simples enxergavam nele, nunca se envolvendo em escândalos de corrupção”, diz.

Esportes
Além da política, outra paixão de Fernando Lambreta era o futebol amador. Ele montou o Arrudão, time que sempre disputava com o Bahia o posto de melhor equipe da primeira divisão da Liga Desportiva Caruaruense. O time tinha a sede no Bairro João Mota, mas contava com atletas de várias partes da cidade.

Nomes como Jailson, que defendeu Porto, Corinthians, Náutico, Santa Cruz e Central, e Marcos Tamandaré, que jogou no Porto, Santa Cruz, Sport e atualmente no Salgueiro, passaram pelo Arrudão.

Sessão Solene
Por meio de decreto legislativo, de autoria do presidente da Câmara, vereador Lula Tôrres, a Casa vai entregar a Medalha de Honra ao Mérito ‘Prefeito João Salvador dos Santos’, in memoriam ao ex- vereador Fernando Lambreta.

A entrega será na próxima quinta-feira (6) em sessão solene, às 20h. Para o parlamentar e filho do ex-vereador, Bruno Lambreta, a homenagem e o recebimento da medalha mostram o reconhecimento dos serviços prestados por Lambreta na cidade. “Para mim e para todos da nossa família receber uma homenagem pelo nosso pai é gratificante, sabemos de tudo que ele fez pela nossa cidade e principalmente por seus eleitores, que eram tratados como se fossem da família”.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro